Categoria: melanoma cutâneo

Home / melanoma cutâneo
Fatores de risco e prevenção do melanoma
Post

Fatores de risco e prevenção do melanoma

Como todos sabem, a exposição à radiação ultravioleta é o principal fator responsável pelo desenvolvimento do melanoma. A luz ultravioleta C é geralmente absorvida pela camada de ozônio e a radiação UVB (290-320nm) é associada com queimadura solar e indução da produção de melanina. Existem vários dados que suportam esse papel na etiologia do melanoma,...

O número de casos de melanoma está aumentando?
Post

O número de casos de melanoma está aumentando?

Foi observado um aumento das taxas de incidência do melanoma cutâneo em populações brancas de todas as partes do mundo nas últimas quatro décadas. Nos Estados Unidos, por exemplo, a taxa de incidência foi estimada em 6 casos por 100.000 habitantes no início dos anos setenta, e em 18 casos por 100.000 habitantes em 2000,...

Estadiamento e tratamento cirúrgico do melanoma cutâneo
Post

Estadiamento e tratamento cirúrgico do melanoma cutâneo

O melanoma cutâneo é um dos tumores mais imprevisíveis, e a variação no seu prognóstico é resultado de muitas variáveis. Na última edição (7ª edição) do American Joint Comittee on Cancer (AJCC) foram identificados os principais fatores prognósticos independentes nos pacientes com melanoma cutâneo com doença localizada (estágio I-II): a espessura de Breslow (em mm),...

Como tratar os pacientes com metástase em trânsito ou satelitose
Post

Como tratar os pacientes com metástase em trânsito ou satelitose

Uma das principais dúvidas dos dermatologistas que chegam ao consultório é sobre o tratamento de pacientes com metástase em trânsito ou satelitose. Primeiro, é preciso esclarecer como essa metástase se desenvolve. A metástase em trânsito ou satelitose ocorre quando do melanoma cutâneo surge outras lesões ao redor até 2 cm de distância (satelitose) ou entre...

Melanoma: conheça a classificação
Post

Melanoma: conheça a classificação

A classificação do melanoma proposta por Clark foi estabelecida na década de 70 e categorizou esse tipo de câncer em três tipos principais: o melanoma de disseminação superficial (MDS), o melanoma lentigo maligno (MLM) e o melanoma medular (MN).